Ana

Ana  2017
Jogo
Matheus da Rocha Montanari

Ana é um videogame sobre uma menina que acorda insegura sobre seu passado ou futuro, ela perde partes da memória e tem que resgatar sua história com a ajuda de sua boneca de lã que desvenda o enredo.

 

Incapaz de ver o que está à sua frente ou atrás dela, a personagem caminha por diferentes cenários de memória fragmentada. O objetivo do jogo é fazer com que a jogadora fique no lugar de Ana, se sinta confusa, perdida e sozinha.

 

Através da jogabilidade e das cut scenes, é construída uma metáfora para a realidade de algumas crianças refugiadas que acabam sozinhas. De acordo com a UNICEF, entre 2015 e 2016, mais de 200.000 crianças se refugiaram sozinhas em diferentes países.

Colaboradores: Mariana Ruaro Viganó, Otávio Soldatelli, Natan Rech, Rovian Henz